sexta-feira, 10 de março de 2017

DEUS APONTA O ÚNICO CAMINHO PARA A SALVAÇÃO


Bom e reto é o Senhor, por isso aponta o caminho aos pecadores (Salmos 25: 8)

Com certeza o caminho de Deus é melhor. Ele quer que enxerguemos O Caminho que é revelado a nós para o perdão dos nossos pecados.

O salmo vinte e cinco retrata a vida como uma longa jornada na qual é impossível ser vitorioso com as próprias forças. Sem a orientação divina você pode chegar ao fim da jornada e descobrir que desperdiçou sua existência.



A vida não é fácil e o segredo da felicidade é andar no Caminho de Deus. Uma vez que você aceita o fato de que a vida é difícil, você procura ajuda e suplica a Deus que lhe mostre o caminho em que deve andar.



O problema é que às vezes pedimos a Deus que nos mostre o caminho, mas o nosso desejo é que Deus aprove o modo como andamos. As coisas se complicam porque Deus não é o Pai permissivo que deixa que um filho mimado de dois anos O leve para onde quer. Deus é Deus, conhece o caminho melhor do que ninguém e nos levará com segurança aonde precisamos chegar.

Andar no caminho de Deus nos preserva da contaminação moral. Enquanto houver contaminação moral o roteiro da vida está errado e caminha-se rumo à destruição. O fim da estrada é um abismo de escuridão e morte.

O problema do ser humano é que ele tenta ser feliz sem prestar atenção aos conselhos divinos. Com o seu caminho poluído, luta se esforça e tenta alcançar aquilo que acha que é necessário para ser feliz: dinheiro, família, fama e poder. Com um pouco de esforço, pode até conseguir tudo isso. Mas quando chegam as horas caladas da noite, lá no fundo do coração, naquele diálogo consigo mesmo, olhando-se no espelho da própria intimidade, de onde ninguém pode fugir nem se esconder, tem que chegar a conclusão de que algo está errado, algo não funciona, o coração sente-se desesperadamente atormentado e vazio.

Isso nunca desaparecerá a não ser que você procure solução na fonte da sabedoria, que é a Palavra de Deus. São na luz dos ensinamentos divinos que você encontra um poder maior que é capaz de colocar em ordem os seus passos.

Faça deste dia um dia de submissão aos conselhos divinos. Submeter-se a Deus é crescer. Seguir O Caminho que Ele aponta é viver a verdadeira liberdade.

Há uma música que diz:

Preciso de Deus! Pois seu grande poder restaurou meu viver. Eu preciso de Deus para me sustentar no caminho da vida e ficar junto a mim... (Oséias de Paula).

Reconheça que você precisa de Deus, Ele te dá à oportunidade de conhecer Seu Filho Jesus, Senhor e Salvador daqueles que o confessam. Único Caminho para a salvação!

Pedro Almeida


Governo encaminha à ANS proposta de plano de saúde popular


O Ministério da Saúde encaminhou à ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) as propostas do grupo de trabalho formado para criar um novo formato de plano de saúde, com cobertura mais restrita e preços mais baixos.

As sugestões permitem regras mais flexíveis para aumento de mensalidades, restringem o acesso a procedimentos mais caros e ampliam o prazo para que operadores providenciem o atendimento a seus consumidores. A proposta fala de "princípios norteadores" e, em tese, limitam-se à nova categoria a ser criada, batizada de "planos populares".

Preparada por representantes de empresas de saúde, associações médicas e de seguro, a proposta foi encaminhada pelo Ministério da Saúde à Agência Nacional de Saúde Suplementar em meados de janeiro. Caberá à ANS a palavra final sobre as mudanças.

Segunda opinião para procedimentos caros

No documento de três páginas, o grupo de trabalho lista uma série de princípios gerais. Entre as regras previstas está a obrigatoriedade de uma segunda opinião médica para que o usuário tenha acesso a procedimentos considerados de alta complexidade. O grupo diz que a medida pode evitar desperdícios

A mudança, porém, vai aumentar o tempo de espera para que o usuário do plano de saúde tenha acesso ao procedimento. Principalmente se combinada com uma ou outra sugestão do grupo, que afrouxa as regras dos prazos de atendimento

A sugestão é a de que consultas de especialidades que não sejam pediatria, cirurgia geral, clínica médica, ginecologia e obstetrícia possam ser marcadas em até 30 dias depois da procura do paciente. Atualmente, o prazo é de 14 dias

O limite para acesso a cirurgias programadas também mais do que dobra. Em vez dos 21 dias da regra atual, operadoras teriam até 45 dias para providenciar um profissional

Além da maior dificuldade para o acesso, as regras restringem a lista de terapias e métodos de diagnóstico a que o usuário teria direito. Em vez do rol de procedimentos obrigatórios, formulado pela ANS, os usuários de planos de saúde teriam direito a tratamentos e terapias descritos em protocolos idênticos aos adotados no SUS (Sistema Único de Saúde). Para o grupo de trabalho, a restrição garantiria "a segurança do paciente, orientando e uniformizando as condutas durante o atendimento."

Usuário arque com 50% dos custos


A sugestão prevê ainda que o usuário arque com, pelo menos, 50% do valor do procedimento, seja ele terapia ou exame de diagnóstico. O grupo afirma que, para isso, é preciso haver mudanças nas regra da ANS.

Críticas

O professor da Universidade de São Paulo (USP) Mário Scheffer, especialista em Saúde Pública, criticou as propostas do grupo de trabalho. "As pessoas serão enganadas novamente, como já ocorre com planos falsos coletivos. os planos baratos que apresentam uma rede insuficiente. Usuários somente vão perceber a armadilha quando adoecerem, no momento em que mais precisarem."
Para o professor, uma das características do plano é tentar reduzir ao máximo o uso do produto, por meio da coparticipação. "Não tem mágica. Plano de menor preço é igual a pior serviço, rede menor, fila maior e coberturas mais restritas."

Scheffer não descarta o risco de que, se aprovado, o novo formato abra precedente para redução da cobertura de outros contratos e para tornar mais flexíveis as regras de toda a assistência suplementar.

Lígia Formenti

https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/estado/2017/03/08/governo-encaminha-a-ans-proposta-de-plano-de-saude-popular.htm

sábado, 25 de fevereiro de 2017

O Gato que Parece Crente e o Crente que Parece Gato


Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.

Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;

Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.

Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;

Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência;

Colossenses 3:1-6


Certo dia um gato andava pela região onde havia uma igreja. Ele foi se achegando e avaliando se ali haveria um lugar para ele, pois estava sem um lugar seguro para passar a noite. Como a porta da igreja estava aberta e ninguém que lhe oferecia perigo estava por ali, o gato entrou calmamente. Deu uma volta pelo ambiente, olhou em todas as direções e ficou por ali, pois gostou muito do local, o local era tranquilo e lhe parecia muito bom para passar a noite.

Aos poucos as pessoas iam entrando na igreja e logo muitos faziam carinho no gato, davam comida a ele, conversavam com ele, brincavam com ele. Logo o gato ficou amigo de todos e estava presente todos os dias naquela igreja. Não tinha uma reunião em que o gato não estava.

O tempo passou e já fazia alguns meses que o gato estava ali naquela igreja. Ele não saia dali. Estava sempre presente.

Um dia, o pastor da igreja, observando o gato dia após dia, resolveu compartilhar sobre ele em um dos cultos da igreja.

– Quantos já viram aquele gatinho bonitinho que sempre está aqui em nossa igreja?

Quase todos levantaram as mãos, pois o gatinho era tão bonitinho que fazia muito sucesso por ali. O pastor, então, continuou:

– Vocês acham que esse gato é um gato crente?

A igreja toda estranhou a pergunta, mas ficou em silêncio enquanto o pastor seguia com o sermão.

– Pois é, irmãos, faz alguns meses que esse gato está vindo aqui na igreja. Ele está em todas as reuniões que fazemos. Observando-o, percebi que ele até parece um gato crente. Mas será que esse gato é um gato dedicado a Deus?

A igreja sem entender nada permanecia em silêncio. O pastor continuou:

– Vejamos se esse gato é crente, pois ele está todos os dias na igreja, não é verdade?!:

– O gato tem uma vida de oração? Não!

– O gato lê a Bíblia diariamente? Não!

– O gato evangeliza as pessoas? Não!

– O gato contribui para a obra de Deus? Não!

– O gato é um intercessor? Não!

A igreja, então, em silêncio aguardava a conclusão do pastor.

– Pois é, irmãos, muitas vezes somos como esse gato. Estamos na igreja, frequentamos, até parece que somos crentes por estar em lugares que crentes estão, mas, de verdade, como o gato, não somos crentes dedicados ao Senhor. Somos apenas como gatos que parecem crentes.



Meus queridos ao ler esta reflexão, fiquei a pensar, aquele gato não era cristão, ele apenas se acomodou a uma situação que lhe era confortável, e assim que aparecesse outra situação confortável para ele, o gatinho poderia ir embora.

Ao pensar no período que estamos vivendo, podemos ver quantas pessoas que se dizem cristãos. portanto seguidores de Cristo e o texto de Colossenses que acabamos de ler, nos diz que se você ressuscitou com Cristo, deve buscar as coisas de cima e não da terra, que como seguidor de Cristo você deve mortificar o seu corpo para o pecado. Vem então a pergunta; Você hoje é Cristão? Ou você é gata ou gato que frequenta uma igreja Cristã?

Que Deus nos abençoe

Sebastião Sena 

PRF Lança Operação Carnaval 2017


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou à zero hora desta sexta-feira (24) a Operação Carnaval 2017 em todo o país.

Entre os focos das ações de fiscalização da PRF estão o combate à embriaguez ao volante, o controle de velocidade através de radares portáteis e a fiscalização de ultrapassagens indevidas.

Com seis dias de duração, a Operação Carnaval termina às 23h59 de quarta-feira (1).

Cinto nos Ônibus

A Polícia Rodoviária Federal fará ao longo do Carnaval deste ano uma série de ações de educação para o trânsito em todo o país.

No dia de abertura da operação, sexta-feira (24), a principal ênfase das ações educativas da PRF será conscientizar passageiros de ônibus de viagem sobre a importância do uso do cinto de segurança.

Em caso de acidente, o cinto de segurança, quando utilizado, evita que o passageiro seja arremessado contra partes internas do ônibus, contra outros passageiros ou mesmo para fora do veículo.

Uma pesquisa realizada em 2005 pelo programa SOS Estradas apontou que apenas 2% dos passageiros de ônibus de viagem disseram usar o dispositivo.

Bebidas alcoólicas

A fiscalização do consumo de bebidas pelos condutores de veículos será intensificada em todo o Brasil. A PRF ainda ressaltou que desde novembro de 2016 a multa para quem é flagrado dirigindo sob a influência de álcool é de R$ 2.934,70 e ainda há a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se houver reincidência, a multa sobe para R$ 5.869,40. Mesmo quem se nega a realizar os testes está sujeito à aplicação da multa.

Cuidados na direção

É importante que os condutores dirijam com cuidado e evitem ultrapassagens arriscadas e em locais proibidos, tomem algumas precauções básicas, como planejar a viagem e realizar a revisão preventiva do veículo. Checar as condições dos pneus, inclusive do estepe, verificar se os faróis estão funcionando e não esquecer de acendê-los quando estiver nas rodovias.

Estar descansado antes de começar a viagem e paradas para descanso também são muito importantes. A Polícia Rodoviária Federal lembra ainda da importância do uso do cinto de segurança.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

VIDAS TRANSFORMADAS


“Cristo pode mudar o homem”

Um pregador entusiasmado falava em praça pública a um grande número de ouvintes. Como muitas vezes acontece, um escarnecedor ousadamente interrompeu-o dizendo:

- Pregador, o seu Cristo pode fazer tanta coisa como você está dizendo, mas não pode mudar a roupa deste mendigo que está ao seu lado.

O pregador, sem se perturbar, respondeu:

- Realmente. Nisto o senhor tem razão. Cristo não está preocupado em mudar a roupa deste mendigo ao meu lado, mas Cristo pode mudar o mendigo que está dentro dessa roupa.

https://www.jesusnosama.com.br/pensamentos/pensamento163.htm

"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram: eis que tudo se fez novo" (2 Co 5.17).

Mais uma vez nosso país está envolvido em um clima de euforia, onde muitas pessoas estarão se entregando às momentos de extrema folia e um desenfreado comportamento irreverente.

Ano após ano tem sido assim e por incrível que pareça, as pessoas não se dão conta de como vivem de forma repetitiva controladas por um sistema. Sempre cumprindo um calendário regulado muitas vezes por interesses lucrativos e capitalistas.

Esse sistema chamado mundo traz em suas entrelinhas a ditadura de um comportamento pecaminoso onde tudo é permitido até que seja proibido e Deus que fique fora disso, pois não cabem seus ensinamentos nessa hora de folia.

Mas se alguém está em Cristo vive em novidade de vida, não pertence mais ao reino das trevas, é transportado para o reino da luz. Antes estava debaixo da autoridade de satanás, depois passa a fazer parte do reino e autoridade de Jesus.

Todas as pessoas que verdadeiramente abriram seus corações a Jesus e sujeitaram-se aos ensinos do mestre, tiveram suas vidas transformadas, saíram de uma condição de trevas e tornaram-se luz para o mundo, ou seja, passaram a ser novas criaturas.

“Uma nova criatura não pode viver no pecado, sendo escravo do pecado.”

Quando Jesus conversa com Nicodemos, Ele nos dá um dos maiores exemplos de novo nascimento, pois Nicodemos era fariseu, religioso, mas precisava nascer de novo, ser uma nova criatura. A mulher samaritana passa por esse processo de novo nascimento e tem seus pecados confrontados, e testemunha de Jesus a outras pessoas.

Vida transformada é andar justificado do pecado. Jesus sofreu a condenação por meus pecados. Se Ele morreu no meu lugar estou justificado, cumpri a Lei; então, porque aceitar as imposições do pecado e ser escravo? O Sangue do Cordeiro de Deus me purifica de todo o pecado!

Vida transformada é viver para Deus. Viver para Deus é tornar-se inseparável, meu maior prazer é alegrar o coração do Pai e cumprir Seus Mandamentos.

Vida transformada é viver debaixo da Graça. Favor imerecido, eu estava morto para Deus, mas aceitei o Seu favor, por meio de Jesus e passei a andar na novidade da abundante Graça de Deus!

Somos chamados para nos tornamos propriedade exclusiva de Deus, para vivermos as virtudes daquele que nos chamou (Jesus) das trevas para a sua maravilhosa luz.

Pedro Almeida